SEJAM
BEM-VINDOS


27 de nov de 2009

Futuro Profissional

Olá Pessoal!! Escolhendo alguma profissão a seguir??? Está em dúvida??? Pois aí vão mais três opções para ajudar vocês!!!
Que Deus abençõe você na sua escolha!!!

Direito
O que é ser advogado?
Advogados são profissionais que usam as leis na defesa dos interesses do cliente, que pode ser um cidadão ou uma empresa, como seu representante contra os interesses de terceiros em qualquer instância, juízo ou tribunal. Podem atuar nos vários campos do direito: constitucional, administrativo, tributário, comercial, civil, trabalhista, eleitoral e penal. O bacharel em direito pode trabalhar como advogado em escritórios particulares de advocacia, departamentos jurídicos de empresas públicas e privadas, ou seguir carreira pública, fazendo concurso para ser juiz, delegado de polícia, promotor de justiça, procurador ou defensor público.
Características necessárias para ser um advogado
Um bom advogado precisa ter muito gosto por leitura, boa memória, capacidade de reflexão e de associação de idéias, boa argumentação e habilidade em negociação. Dominar o português formal e ser comunicativo é fundamental. Ter autoconfiança, capacidade de convencimento e negociação, capacidade de pensar e agir sob pressão, espírito de investigação, gosto pelo debate, ter iniciativa e senso de responsabilidade.
Principais atividades de um advogado
Em qualquer ramo, as principais atividades dos advogados são: atendem clientes, avaliam seus casos, recomendam os procedimentos necessários em cada caso e prestam assistência durante todo o processo, muitas vezes implicando participação ativa na vida pessoal do indivíduo ou no cotidiano da empresa; pesquisam o histórico do caso e de outros semelhantes, que formam a chamada jurisprudência; encaminham processos à justiça e acompanham seu andamento; participam de audiências e julgamentos, interrogando testemunhas e argumentando com o juiz ou com o corpo de jurados, em se tratando de tribunais de júri.

Agrônomo ou Engenheiro agrônomo
O que é ser agrônomo?

Engenheiros agrônomos ou agrônomos como são conhecidos, são profissionais responsáveis por conceber e orientar a execução de trabalhos relacionados à produção agropecuária. Pesquisam e aplicam conhecimentos científicos e técnicos à agricultura, para garantir uma produção vegetal e animal. Acompanham todo o processo de produção de alimentos de origem vegetal e animal, visando a menor custo de produção, melhor qualidade e incremento da produtividade, além da manutenção e conservação do meio ambiente.
Características necessárias para ser um agrônomo
Para essa profissão, é importante que a pessoa goste de lidar com animais e com a natureza. Tenha gosto por atividades ao ar livre, perceba facilmente diferenças e detalhes de certas paisagens, como rochas e formações geológicas. Sentir-se atraído pelo mundo rural. Tenha disposição para trabalhar no campo, na natureza ou a céu aberto. Ter atenção a detalhes, capacidade de comunicação, capacidade de concentração, decisão e organização, ter gosto pela pesquisa e estudos, gosto por atividades ao ar livre e pelo contato com a natureza, interesse pelas ciências, interesse por novas técnicas e tecnologias.
Principais atividades de um agrônomo
O agrônomo faz parte de todas as etapas da produção e comercialização dos produtos, acompanhando desde o plantio até o armazenamento e distribuição da mercadoria ou, no caso de animais, do controle de doenças, reprodução e abate.
O agrônomo planeja, auxilia e executa os serviços ligados a escolha da cultura, preparação do solo, do plantio, da adubação e da colheita.
Já na agropecuária, cuida da criação, alimento, saúde, reprodução e abate de rebanhos, bem como no combate a pragas e doenças que atacam plantações e animais. Além disso, esse profissional também deve: planejar e executar obras e serviços técnicos de engenharia rural, incluindo construções para fins rurais, visando a aumentar a funcionalidade das instalações e irrigação e drenagem para fins agrícolas; pesquisar e implantar novas tecnologias no setor agroindustrial, incluindo beneficiamento e conservação de produtos e seu aproveitamento industrial, aproveitamento de recursos naturais e do meio ambiente, defesa e vigilância sanitária, projetos de mecânica, adubação, irrigação, colheita.
Mercado de trabalho
É inevitável a necessidade de modernização dos diferentes setores da produção rural brasileira. Num País como o Brasil, de enormes regiões cultiváveis, há muito para ser pesquisado e desenvolvido no setor, o que valoriza o trabalho do Engenheiro Agrônomo.
Os problemas de degradação do meio ambiente e exaustão dos recursos naturais vão exigir cada vez mais a participação dos profissionais de agronomia, que encontram aí uma perspectiva de atuação junto às instituições públicas e à iniciativa privada. As melhores oportunidades estão no Rio Grande do Sul, no Paraná e em Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

Arquiteto ou Urbanista
O que é ser arquiteto?

Arquitetos têm como função projetar e organizar espaços internos e externos, segundo critérios de estética, conforto e funcionalidade. Quem segue esta profissão tem como objetivo ocupar os espaços disponíveis, levando em conta a disposição dos objetos, a incidência de luz e a ventilação. Faz projetos e coordena a construção ou a reforma de casas e edifícios residenciais ou comerciais, trabalhando ao lado de engenheiros.
Características necessárias para ser um arquiteto
Para exercer a função de arquiteto é fundamental ter sensibilidade, criatividade, intuição e interesse pelas artes. Estar atualizado e de olho nas tendências artísticas ajuda na coerência dos trabalhos. Também é necessária capacidade de observação e análise, habilidade numérica, gosto de trabalho em equipe, meticulosidade e exatidão. Ter atenção a detalhes, capacidade de comunicação, negociação, e ouvir sugestões e críticas. Ter facilidade para matemática, habilidade manual e para o desenho e ter perfeccionismo.
Principais atividades de um arquiteto
As atividades de arquitetos envolvem: debater objetivos, exigências e orçamento do projeto com os interessados; estudar a legislação referente ao uso do solo do local escolhido para a obra e acompanhar projetos de viabilidade técnica e econômica e de análise de impacto ambiental; visitar a área em que será feita a obra ou que vai receber tratamento paisagístico para examinar detalhes da construção ou da região, observando acidentes geográficos (barrancos e riachos), vegetação já existente, localização do terreno, presença de vento e níveis de insolação; elaborar projetos com plantas detalhadas, inclusive dos sistemas de ventilação, refrigeração de ar ou aquecimento, elétrico e hidráulico; especificar materiais a serem usados na obra; dar assistência ao cliente na negociação com fornecedores de materiais e contratação de executores da obra; visitar hortos e chácaras e fazer expedições para estudar espécies botânicas; gerenciar os vários projetos, tais como hidráulicos, elétricos, estruturais, ar-condicionado, telefonia, etc, para compatibilizá-los ao projeto arquitetônico. Desta forma, deve trabalhar em parceria com os engenheiros de cada área.
Mercado de trabalho
O arquiteto e urbanista encontra uma grande variedade de setores nos quais pode atuar. Conforme a legislação que regula a profissão, este profissional pode, entre outras atividades: projetar, construir e reformar edificações dos mais variados portes; trabalhar nas áreas de desenvolvimento e planejamento urbano, preservação e restauro de patrimônio histórico; atuar em arquitetura de interiores, exercer tarefas de consultoria, assessoria e de gerenciamento de obras; pode realizar vistorias, laudos, avaliações e pareceres e ainda dedicar-se ao ensino e à pesquisa. O arquiteto e urbanista tanto pode exercer a sua profissão como autônomo ou pode atuar em empresas privadas, especialmente as de arquitetura e de engenharia; como também estar vinculado a prefeituras, órgãos públicos, organizações não governamentais (ONGS) e instituições de ensino e pesquisa. Podendo atuar também nas áreas de design, projeto de produto entre outras.

Nenhum comentário: