SEJAM
BEM-VINDOS


21 de jan de 2010

Humor!!! Quer aprender inglês???

Que tal aperfeiçoar seu inglês??? Confira a lista abaixo e divirta-se!!!!!!!!

MORNING – Meio termo: O carro não está CAN’T nem frio, está MORNING.
MICKEY – Afirmativo de queimadura: MICKEY may!
TOO MUCH – Alimento saudável: Quero uma salada de TOO MUCH!
PEOPLE – Alimento a base de milho: Adoro comer PEOPLE-ca!
HAIR – Marcha de carro: Ele engatou a HAIR.
ICE – Expressão de desejo: ICE se ela ao menos olhasse pra mim!
DARK – Palavra usada em antigo provérbio: É melhor DARK que receber!
MONDAY – Ordenar: Ontem MONDAY lavar o carro.
MISTER – Sanduíche: Eu quero um MISTER can’t!
MAY GO – Pessoa dócil: Ele é tão MAY GO!
YOU – Expressão de curiosidade: YOU seu irmão, como vai?

Agora que você já aprendeu algumas palavras, que tal apronfundar seu conhecimento que passar para algumas expressões!! Concentre-se, agora vai pegar pesado!!!!

Broken heart – coração bronqueado
Freeshop – chopp de graça
Go home – vá para Roma!
He is my son – ele é maçon
I don’t care – eu não quero
It’s too late – é muito leite
Layout – fora da lei
She must go – ela mastigou
The boy is behind the door – o boi está berrando de dor
With noise – conosco
To be champion – ser bi campeão
Good ball – bola de gude
I’m hungry – eu sou húngara

I’m sad – estou com sede
She is trying again – ela esta treinando alguém
Merry Christmas – Maria Cristina
He’s tall – ele é o tal
Everybody – todos os bodes
I’m alone – estou na lona
I am so free – eu sofri

REFLEXÃO - A garrafa de vinho

Nos Alpes italianos existia um pequeno vilarejo que se dedicava ao cultivo de uvas para a produção de vinho. Uma vez ao ano, lá ocorria uma festa para comemorar o sucesso da colheita.
A tradição exigia que, nesta festa, cada morador do vilarejo trouxesse uma garrafa de seu melhor vinho, para colocar dentro de um grande barril que ficava na praça central. Entretanto, um dos moradores pensou: “Porque deveria levar uma garrafa do meu mais puro vinho? Levarei uma cheia de água, pois no meio de tanto vinho o meu não fará falta.” Assim pensou e assim fez. No auge dos acontecimentos, como era de costume, todos se reuniram na praça, cada um com sua caneca, para pegar uma porção daquele vinho, cuja fama se estendia além das fronteiras do país.
Contudo, ao abrir a torneira do barril saiu apenas água.
Mas como isso aconteceu?
Na verdade todos pensaram como aquele morador: “A ausência da minha parte não fará falta.”
Nós somos muitas vezes conduzidos a pensar: “Tantas pessoas existem neste mundo que se eu não fizer a minha parte isto não terá importância.”
O que aconteceria com o mundo se todos pensassem assim?

16 de jan de 2010

Qual é a origem do Carnaval?


O Carnaval, essa festa que arrebata multidões para as ruas, promove desfiles suntuosos, comilança, excessos em geral e também muita violência, liberalidade sexual etc. Ao estudarmos a origem do Carnaval, vemos que ele foi uma festa instituída para que as pessoas pudessem se esbaldar com comidas e festa antes que chegasse o momento de consagração e jejum que precede a Páscoa, a Quaresma. Veja o que a The Grolier Multimedia Encyclopedia, 1997 nos diz a respeito:
"O Carnaval é uma celebração que combina desfiles, enfeites, festas folclóricas e comilança que é comumente mantido nos países católicos durante a semana que precede a Quaresma. Carnaval, provavelmente vem da palavra latina "carnelevarium" (eliminação da carne), tipicamente começa cedo no ano novo, geralmente no Epifânio, 6 de Janeiro, e termina em Fevereiro com a Mardi Gras na terça-feira da penitência (Shrove Tuesday)."
Em contra partida vemos que isso era apenas um pretexto para que os romanos e gregos continuassem com suas comemorações pagãs, apenas com outro nome, já que a Igreja Católica era quem ditava as ordens na época e não era nada ortodoxo se manter uma comemoração pagã em meio a um mundo que se dizia Cristão.

"Provavelmente originário dos "Ritos da Fertilidade da Primavera Pagã", o primeiro carnaval que se tem origem foi na Festa de Osiris no Egito, o evento que marca o recuo das águas do Nilo. Os Carnavais alcançaram o pico de distúrbio, desordem, excesso, orgia e desperdício, junto com a Bacchanalia Romana e a Saturnalia. Durante a Idade Média a Igreja tentou controlar as comemorações. Papas algumas vezes serviam de patronos, então os piores excessos eram gradualmente eliminados e o carnaval era assimilado como o último festival antes da ascensão da Quaresma. A tradição do Carnaval ainda é comemorada na Bélgica, Itália, França e Alemanha. No hemisfério Ocidental, o principal carnaval acontece no Rio de Janeiro, Brasil (desde 1840) e a Mardi Gras em New Orleans, E.U.A. (dede 1857). Pré-Cristãos medievais e Carnavais modernos tem um papel temático importante. Eles celebram a morte do inverno e a celebração do renascimento da natureza, ultimamente reunimos o individual ao espiritual e aos códigos sociais da cultura. Ritos antigos de fertilidade, com eles sacrifícios aos deuses, exemplificam esse encontro, assim como fazem os jogos penitenciais Cristãos. Por outro lado, o carnaval permite paródias, e separação temporária de constrangimentos sociais e religiosos. Por exemplo, escravos são iguais aos seus mestres durante a Saturnália Romana; a festa medieval dos idiotas inclui uma missa blasfemiosa; e durante o carnaval fantasias sexuais e tabus sociais são, algumas vezes, temporariamente suspensos." (The Grolier Multimedia Encyclopedia, 1997. Traduzido por Irlan de Alvarenga Cidade)
A Enciclopédia Grolier exemplifica muito bem o que é, na verdade, o carnaval. Uma festa pagã que os católicos tentaram mascarar para parecer com uma festa cristã, assim como fizeram com o Natal. Os romanos adoravam comemorar com orgias, bebedices e glutonaria. A Bacchalia era a festa em homenagem a Baco, deus do vinho e da orgia, na Grécia, havia um deus muitíssimo semelhante a Baco, seu nome era Dionísio, da Mitologia Grega Dionísio era o deus do vinho e das orgias. Veja o que The Grolier Multimedia Encyclopedia, 1997 diz a respeito da Bacchanalia, ou Bacanal, Baco e Dionísio e sobre o Festival Dionisiano:

"O Bacanal ou Bacchanalia era o Festival romano que celebrava os três dias de cada ano em honra a Baco, deus do vinho. Bebedices e orgias sexuais e outros excessos caracterizavam essa comemoração, o que ocasionou sua proibição em 186 dC." (The Grolier Multimedia Encyclopedia, 1997. Traduzido por Irlan de Alvarenga Cidade)

Essa descrição da Bacchanalia encaixa como uma luva em Carnaval.
"Da Mitologia Romana, Baco era o Deus do vinho e da orgia. O filho de Semele e Júpiter, Baco era conhecido pelos gregos como Dionísio. Sua esposa era Ariadine."
"Dionísio era o antigo deus grego da fertilidade, danças ritualísticas e misticismo. Ele também supostamente inventou o vinho e também foi considerado o patrono da poesia, música e do drama. Na lenda Órfica Dionísio era o filho de Zeus e Persephone; em outras lendas, de Zeus e Semele. Entre os 12 deuses do Monte Olimpo ele era retratado como um bonito jovem muitas vezes conduzido numa carruagem puxada por leopardos. Vestido com roupas de festa e segurando na mão uma taça e um bastão. Ele era geralmente acompanhado pela sua querida e atendido por Pan, Satyrs e Maenades. Ariadine, era seu único amor."

"O Festival Dionisiano era muitas vezes orgíaco, adoradores algumas vezes superavam com êxtase e entusiasmo ou fervor religioso. O tema central dessa adoração era chamado Sparagmos: deixar de lado a vida animal, a comida dessa carne, e a bebida desse sangue. Jogos também faziam parte desse festival." (The Grolier Multimedia Encyclopedia, 1997. Traduzido por Irlan de Alvarenga Cidade)

O Festival Dionisiano então, não parece ser a mesma coisa que a Bacchanalia e o Carnaval? Nós, os Cristãos, não devemos concordar de modo algum com essa comemoração pagã, que na verdade é em homenagem a um falso deus, patrono da orgia, da bebedice e dos excessos, na verdade um demônio.

Bebida Alcoólica é conveniente?

A sociedade é bombardeada diariamente por intensas campanhas publicitárias, visando aumentar o número dos consumidores de bebidas alcoólicas. Os comerciais veiculados na TV, transmitem uma idéia de sucesso, pregam que serão felizes nos relacionamentos amorosos, interpessoais (muitos amigos) e vitoriosos nas práticas esportivas, entre outras inverdades. É notório o êxito das campanhas promovidas pelos produtores de bebidas; o crescimento dos consumidores é vertiginoso, inclusive, entre os adolescentes e jovens. O álcool é uma droga lícita (tal qual o cigarro) dotada de grande poder destrutivo, os males produzidos pelo seu consumo englobam, desde a deterioração da saúde à destruição da personalidade e dignidade do homem.

Pela constatação dos resultados negativos da ingestão de bebida alcoólica, conclui-se que é uma idéia concebida pelo diabo, a fim de aprisionar o homem ao pecado, destruindo-lhe a dignidade e o amor próprio.
“... Só vem para roubar, matar e destruir...” Jo 10.10a

A mensagem principal do Senhor Jesus é a vida e a sua preservação em santidade e pureza.
”... Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.” Jo 10.10b
As vidas da igreja que anseiam por uma latinha de cerveja ou uma dose de whisky, não vigiam devidamente e correm o risco de serem influenciadas pela astuta mensagem do inimigo; preferem satisfazer à carne e sua “sede” a ouvir a voz do Espírito Santo. A palavra dita por Deus a Ezequiel se aplicam muito bem a eles, veja:

“Os filhos são de duro semblante e obstinados de coração; eu te envio a eles, e lhes dirás: Assim diz o SENHOR Deus. Eles, quer ouçam quer deixem de ouvir, porque são casa rebelde, hão de saber que esteve no meio deles um profeta.” Ez 2:4,5

O Senhor Deus também fala com profundidade em Sua Palavra sobre a ingestão de bebidas alcoólicas, desaconselhando o seu consumo.

a) Proibida
Ef 5.18
"Não se embriaguem, pois a bebida levará vocês à desgraça; mas encham-se do Espírito de Deus."
Lc 21.34
"E Jesus terminou, dizendo: —Fiquem alertas! Não deixem que as festas, ou as bebedeiras..."

b) Obra da Carne
Gl 5.21
"invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam."

c) Uma Vergonha, humilhação ao servo
Is 28.7 “ Mas há outros que também andam tontos por terem bebido muito vinho, que não podem ficar de pé por causa das bebidas: são os sacerdotes e os profetas, que vivem embriagados e tontos. Os profetas, quando recebem visões de Deus, estão bêbados, e os sacerdotes também, quando julgam os casos no tribunal. As suas mesas estão cobertas de vômito, não há um só lugar que esteja limpo."
Pv 20.1 "Quem bebe demais fica barulhento e caçoa dos outros; o escravo da bebida nunca será sábio."

d) É indecente ao servo
Rm 13.13 "Vivamos decentemente, como pessoas que vivem na luz do dia. Nada de farras ou bebedeiras..."

e) Destituídos do Reino de Deus
1Co 6.10 "os ladrões, os avarentos, os bêbados... não terão parte no Reino de Deus."

f) Os beberrões não são companhias dignas
Pv 23.20 "Não ande com gente que bebe demais, nem com quem come demais."

g) Serão castigados
Is 5.11
"Ai dos que se levantam pela manhã e seguem a bebedice e continuam até alta noite, até que o vinho os esquenta!"

Diante disso, podemos concluir que a Palavra do Senhor é clara e não deixa margem para dúvidas! É pecado!


Que Deus abençõe a nossa Juventude, que possamos ver a nossa alegria e felicidade ser completa na presença do Senhor!!

Assista este video e Reflita: QUAL É O PESO DA SUA CRUZ?

15 de jan de 2010

Um novo ano, e ninguém sabe para onde ir!

Entramos em um novo ano sem saber para onde ele nos levará. Para cada um de nós, o ano novo traz uma pergunta implícita: O que está por vir? O que terei de enfrentar? Como será minha vida neste novo ano? Através da história de Abraão, Deus nos dá mostras de que podemos confiar nEle. Lemos no chamado capítulo dos heróis da fé: “Pela fé, Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança; e partiu sem saber aonde ia” (Hb 11.8).

O homem de hoje está concentrado em ter garantias e em ter um plano bem organizado. Ele quer saber por qual caminho seguir e se pergunta no que pode confiar. Resumindo: ele quer considerar todas as eventualidades para poder calcular de forma exata e com antecedência quais atitudes deve tomar. Dificilmente alguém estará disposto a ir para algum lugar ou a assumir alguma tarefa sem conhecer os detalhes, sem determinadas premissas e garantias. A história da vida de Abraão também toca a nossa vida. No começo havia incerteza, mas no fim ele se transformou em exemplo e até no pai de todos aqueles que crêem (Rm 4.11). O motivo foi a sua confiança inabalável no Deus vivo e em Suas promessas. A maior segurança em meio a todas as inseguranças deste mundo é crer na Bíblia. Abraão não podia fazer nada além de acreditar naquilo que Deus lhe dizia. Essa atitude de fé é o mais importante que uma pessoa pode ter. A vida de Abraão foi marcante porque ele obedeceu pela fé e atendeu ao chamado divino. Sua fé foi colocada em prática. Fé e ação andam juntas! Abraão tinha “somente” a palavra de Deus. O Senhor chamou-o a sair de seu país, a deixar seus relacionamentos e abandonar tudo o que tinha conseguido até então – sem saber para onde iria. Mas, olhando para o restante da história de sua vida, reconhecemos o maravilhoso objetivo que Deus alcançou com Abraão.

Entramos em um novo ano sem saber para onde ele nos levará. Talvez o Senhor Jesus tenha colocado em seu coração um certo fardo, um desejo de fazer alguma coisa em Seu Nome, e talvez você tenha de dar um passo ousado. Também pode ser que você tenha sido chamado por Deus para executar uma tarefa mas não sabe como continuar nem para onde isso o levará. Abraão simplesmente se pôs a caminho, impelido pelo poder da Palavra de Deus. No começo deste novo ano é muito importante ter isto diante de nossos olhos: precisamos nos pôr a caminho, juntar forças a cada momento e orientar-nos para o alvo. E nosso alvo são as coisas de Deus. É perfeitamente possível que durante o trajeto sejamos assaltados pelo medo, pois a dor, a tristeza, as preocupações e outros sofrimentos podem surgir em nossa vida. Mas isto não deve impedir-nos de continuar marchando em direção ao desconhecido, ao futuro – confiando nas firmes promessas de Deus. É exatamente nessa área da nossa vida que a nossa fé no Senhor precisa de um novo impulso. Depois de listar os heróis da fé (Hebreus 11), a Bíblia nos diz como alcançar o alvo: “...olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus. Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma” (Hb 12.2-3). Depois que Abraão chegou à Terra Prometida, ele teve de suportar muitos testes de sua fé. Enfrentou a tentação de confiar mais em sua própria carne do que no Senhor que havia lhe dado a promessa. Em algumas situações de crise, tomou as rédeas em suas próprias mãos e foi derrotado. Mas o Senhor, em quem Abraão tinha depositado sua confiança, não o deixou cair. No fim, triunfaram a fé de Abraão em Deus e a fidelidade de Deus para com Seu amigo. O autor da carta aos Hebreus descreve a fé de Abraão com as seguintes palavras: “Pela fé, peregrinou na terra da promessa como em terra alheia, habitando em tendas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa” (Hb 11.9). Fé e ação andam juntas como o violino e o arco... Se falta uma parte, a outra é inútil. Nós também podemos, neste ano recém-iniciado, manter a fé nas promessas de Deus, mesmo quando os outros não nos compreendem e mesmo quando nos vêem como “estrangeiros” em seu meio. A fé em Jesus Cristo, em quem todas as promessas têm o “Sim” de Deus e por quem é o “Amém” (2 Co 1.20), nos ajudará a superar tudo o que é passageiro nesta terra até chegarmos ao grande alvo final.

Sejamos cristãos que esperam pelo seu Senhor, neste novo ano mais do que nunca! Então valerá também para nós a maravilhosa promessa: “Porque guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra” (Ap 3.10

14 de jan de 2010

Jornal blasfema: “Obama é, com certeza, maior do que Jesus”

O editorial de um jornal dinamarquês, citando tanto as políticas externas quanto internas adotadas pelo presidente Barack Obama, está deificando o líder político americano.“Obama é, com certeza, maior do que Jesus — se tivermos de jogar esse absurdo jogo do Natal”, opinou o editorial não assinado em Politiken, que se gaba de ser o maior jornal da Dinamarca, publicado desde 1884.
O editorial continuou: “Mas, provavelmente, é mais importante insistir em que com o triunfo dele hoje nos EUA, ele já garantiu para si um lugar nos livros de história — um espaço que ele tem boas chances de expandir de modo considerável nos próximos anos”.
O jornal diz que Obama “é provocativo ao insistir em estender a mão, onde outros só vêem animosidade”.E embora “seus resultados tangíveis em curto prazo sejam escassos”, suas palavras “permanecem na consciência de sua audiência e têm efeitos de longo prazo”.
“Ele vem de origem humilde e defende os fracos e vulneráveis, pois ele pode se identificar com a condição deles”, disse o jornal. “E não estamos pensando em Jesus Cristo, cuja data de nascimento acabamos de celebrar. Estamos falando do presidente dos Estados Unidos Barack Hussein Obama”.
O editorial comentou que “seria natural chegar-se à idéia de uma comparação entre Jesus e Obama. Se fizesse tal comparação, é certeza que Obama levaria vantagem”.
O editorial, escrito na ocasião de um voto legislativo em favor do plano de saúde de Obama que institui controle governamental total, citou “o direito de todos os cidadãos de não se arruinarem financeiramente quando sua saúde não está bem”, assim como “o maior pacote de ajuda financeira da história dos EUA, um importante acordo de desarmamento e o mais rápido restabelecimento da reputação americana da História”.
“Por outro lado, há os milagres de Jesus, dos quais todos ainda se lembram, mas que só beneficiaram poucas pessoas. Ao mesmo tempo, há as maravilhosas parábolas sobre sua vida e obras que conhecemos a partir do Novo Testamento, mas que têm sido interpretadas de formas tão diferentes durante os 2000 anos passados que é impossível dar um resultado claro de suas obras”, disse o jornal.
“Todos nós sabíamos que esse dia chegaria”, escreveu Jeremy Wiggins no blog da Associação da Família Americana. “Sabíamos que alguém da esquerda acabaria tentando comparar Barack Obama com Jesus”, escreveu ele.
“O que quero saber é isto: Como é que dá para comparar uma pessoa que não fez NADA com alguém que fez TUDO? O presidente Obama se prostrou diante de reis, mas diante de Jesus reis vão se prostrar, pois ELE é o Rei dos Reis. Suponho que a comparação mais próxima que eu poderia usar na comparação de Obama com Jesus é comparando uma formiga com um edifício arranha-céu. Não só Jesus é VASTAMENTE maior do que Obama, mas eles nem mesmo estão na mesma categoria para se comparar!” escreveu ele.
WND fez várias reportagens sobre múltiplas referências da deidade de Obama, inclusive quando o cantor britânico Sting disse que o presidente Obama poderá ser a resposta para os problemas do mundo — a resposta divina. “De muitas maneiras, ele foi enviado por Deus, pois o mundo está uma bagunça”, ele disse em entrevista à Associated Press na época.
Antes, foi uma das redatoras de um jornal universitário que escreveu: “Obama é meu Jesus”.
Maggie Mertens, uma das redatoras do jornal da Faculdade Massachusetts’ Smith, disse: “Obama é meu amigo. E não estou dizendo isso porque ele é negro — estou dizendo isso em referência a uma camiseta estampada de uns dois anos atrás que dizia ‘Jesus é meu amigo’. Sim, foi o que eu quis dizer. Obama é meu Jesus”.
A confissão dela apareceu recentemente na seção de comentários do jornal universitário Smithsophian sob o título: “Eu O Seguirei: Obama como Meu Jesus Pessoal”.
“Embora os religiosos vejam isso como idolatria ou embora outros pensem que tudo nessa sentença ofende, temo que seja verdade”, escreveu ela.
Além disso, um artista que planejou apresentar um retrato de Obama numa pose como de Cristo com uma coroa de espinhos na cabeça cancelou o evento devido à “esmagadora revolta do público”.
E foi Louis Farrakhan, o líder do grupo muçulmano Nação do Islã, que declarou no ano passado que quando Obama fala, “é o Messias que está realmente falando”.
Houve também outro acontecimento durante a campanha de Obama quando um site perguntou: “Será que Barack Obama é o Messias?” Essa manchete sintetizou a onda de euforia que seguiu o crescimento espetacular do senador do Partido Democrata.
O site ficou famoso com uma declaração de Obama estrategicamente extraída de um discurso dele na Faculdade Dartmouth, em 7 de janeiro de 2008, logo antes da eleição do Partido Democrata para escolher um candidato à presidência. Foi nessa ocasião que Obama declarou aos estudantes: “Uma luz brilhará por essa janela, um raio de luz descerá sobre vocês. Vocês experimentarão uma presença divina, e de repente compreenderão que precisam ir votar” em Obama.
O site inclui isto:
SEJA O TEU NOME OBAMA
TUA MUDANÇA VIRÁ
TUA VONTADE SERÁ FEITA…

10 de jan de 2010

Quatro igrejas são atacadas como protesto por decisão judicial (09/01/10)

MALÁSIA “Não há nenhum perigo imediato, mas a situação ainda é preocupante”. Esse foi o comentário de Lawrence Andrew, editor do jornal católico Herald, depois do ataque às três igrejas protestantes e a católica. Ele também confirmou a existência de uma campanha realizada por muçulmanos, afirmando que o “o nome Alá só pode ser usado para fazer referência a Deus no islamismo”. Na quarta-feira (6/01/10), por volta da meia-noite, uma explosão danificou os escritórios da administração de uma igreja protestante em Kuala Lumpur. Outras três igrejas também foram atacadas. Os criminosos atiraram um coquetel inflamável dentro do edifício. Carros também foram atacados, mas não houve feridos. Os fundamentalistas “protestaram” por causa da decisão tomada pelo governo, de que os cristãos também podem utilizar a palavra “Alá” para fazer referência a Deus. A manifestação realizada por 58 ONGs muçulmanas teve como objetivo “pressionar o governo”: o islamismo é a religião do estado, deve manter uma posição de autoridade e todas as regras do país devem seguir a lei islâmica. “Estamos preocupados, mas a situação ainda não é tão perigosa. Estamos trabalhando com o governo para manter a paz no país”.
Irã prende e ameaça cristãos durante época de Natal (08/01/10)
IRÃ Uma onda de prisões alcançou as igrejas não registradas iranianas durante a época de Natal. Como conseqüência, cinco cristãos estão detidos, incluindo a mãe de uma menina de 10 anos. Os policiais entraram na casa de Hamideh Najati, em Mashhad, no dia 16 de dezembro, com um mandado de prisão. Depois de revistar a casa e confiscar os pertences pessoais, incluindo livros e CDs, a polícia levou a cristã para um local desconhecido. Uma agência de notícias relatou que o tribunal condenou Hamideh a três meses de prisão domiciliar e ordenou que sua filha, que tem uma doença no rim, seja colocada sob os cuidados do governo. No entanto, por causa da enfermidade da menina, ela foi deixada sob custódia de seus pais – com a condição de que eles parassem de crer em Cristo e de falar publicamente sobre sua religião. Hamideh não teve direito a um advogado durante esta audiência. Durante o interrogatório, os policiais disseram para Hamideh entregar os nomes de outros evangelistas cristãos e retornar para o islamismo. Em alguns momentos, os policiais ameaçaram o esposo de Hamideh, dizendo que iam agredi-lo se ela não assinasse um documento afirmando que era “perturbada mental e psicologicamente”. Não houve nenhuma acusação formal contra Hamideh, mas continuam afirmando que ela deu informações para uma rede de televisão estrangeira, que o tribunal classificou como um crime “político”. Os policiais que prenderam Hamideh afirmaram que os quadros de Jesus pendurados nas paredes da casa já seriam o suficiente para condená-la.

Tipos de Crente

Mais alguns Tipos de Crentes para você se divertir e refletir!!!

Crente Chiclê - só mastiga a Palavra, mas não engole...
Crente Piolho - anda pela cabeça dos outros...
Crente Pipoca - vive dando pulo....
Crente Macaco - vive pulando de igreja em igreja...
Crente Nômade - vive trocando de habitat...
Crente Passageiro - vive passeando de igreja em igreja...
Crente Carrapato - vive colado nos outros...
Crente Sangue-suga - vive sugando os bens dos irmãos...
Crente Camaleão - está toda hora de mudança para se adaptar ao novo habitat...
Crente 007 - esse é o agente secreto de Cristo infiltrado no submundo de Satanás...
Crente Iô-Iô - está sempre saindo e voltando para a mão de Deus...
Crente Elevador - está sempre subindo e descendo na vida espiritual...
Crente Avestruz - vive colocando a cabeça embaixo da terra quando tem um problema....
Crente Leão - não se meta com ele, pois ele é o Rei da Igreja...
Crente Jacaré - tem uma boquinha...
Crente Papagaio - só sabe orar com no máximo usando 20 palavras...
Crente Pingüim - vive sempre numa geleira espiritual...
Crente Chuchu - não tem gosto de nada...
Crente Kiko do Chaves - esse não se mistura com a \"gentalha\"
Crente Chapolin - você pode contar com tudo, menos com sua astúcia...
Crente Noé - Nunca as coisas são com ele, \"Noé comigo irmão\"
Crente Homem-Aranha - vive subindo pelas paredes por qualquer coisa...
Crente Zagalo - os irmãos tão sempre tendo que engoli-lo
Crente Chacrinha- só dá abacaxi para os irmãos.
Crente Pão de Fôrma - miolo mole, casca grossa, chato e quadrado
Crente Rexona - A bíblia sempre debaixo do braço
Crente Radicci- Amargo que só ele
Crente Cabelereiro - trabalha só pra fazer a cabeça dos outros...
Crente Urso: no inverno, fica hibernando.
Crente Açúcar: se sair com chuva, derrete.
Crente Borboleta: que anda de igreja em igreja.
Crente Oba-Oba: “tudo é festa”.
Crente Carrinho-de-mão: alguém tem que empurrá-lo até a igreja.
Crente Gelinho: cheio dos “não me toques!”
Crente Florzinha de Jesus: qualquer coisa, sai da igreja.
Crente Bule: de “pô café” (pouca fé).
Crente Escoteiro: só vai em acampamento.
Crente Rocambole: enrolado...
Crente Kodak: vive de revelação.
Crente Aleluia: só diz aleluia na hora errada.
Crente Com Dom do Canto: fica lá no canto da igreja encostado, e não quer saber de trabalhar!
Crente Celular: só vive desligado ou fora de área.
Crente Avião: vive nas nuvens.
Crente Foguete: vive no mundo da lua.
Crente Alice no País das Maravilhas: vive sonhando. Acorda, Alice!