SEJAM
BEM-VINDOS


19 de nov de 2009

Eu, templo??!!!

Ao falarmos em templo, que tipo de imagem vem à sua mente? Um lugar desajeitado ou organizado? Você consegue imaginar um rei vivendo num lugar descuidado? O livro de Ezequiel 8:1-18 mostra que Deus, o Rei, gosta de habitar em lugares dignos de sal majestade, mas o templo de Jerusalém não estava condizendo com isso. Ali aconteciam coisas com as quais Deus não concorda, como a idolatria, e por este motivo ele teve de se afastar.
Em I Coríntios 6:19 Paulo explica que cada cristão é o templo de Deus. Sabendo disso, como você tem cuidado desse templo? Você pode dizer que Deus, como Rei, poderia habitar bem em sua vida, ou existem contaminações (pecados) que afastam você do Senhor? Na época em que viveu o profeta Ezequiel, a sociedade oferecia muitas opções para contaminar a vida das pessoas e o templo do Senhor, mas o povo não percebeu isso. Hoje não é diferente: é preciso estar atento para ficar longe de tudo aquilo que opsaa contaminar o nosso corpo, templo do nosso Rei. Ao afastar-se do templo, Deus anuncia julgamento. Ele não aceitou o pecado do povo, e o resultado foi a destruição de Jerusalém. É preciso lembrar que isso também ocorre hoje. O santuário sem o seu Rei acaba sendo destruído, da mesma forma que a presença do Rei garante segurança. O pecado afasta Deus de seu templo, pois Ele é santo e não aceita determinadas atitudes. A maior de todas as condenações, tanto para o povo de Jerusalém como para o cristão hoje, é ter de ficar longe de Deus. Não permita que isso aconteça. Se o templo do Rei dos reis, seu corpo, estiver contaminado, peça perdão por seu pecado e busque a santidade. Nem tudo está perdido: a comunhão com o Rei será restaurada quando a situação do templo mudar (Ez 43:4)

A santidade de Deus não permite que ele se estabeleça em um local contaminado

Nenhum comentário: