SEJAM
BEM-VINDOS


20 de out de 2009

Menos Deus pra nós e mais nós para Deus

Palavras de Ana Paula Valadão

"Queridos, quero compartilhar algo muito especial com vocês. Uma chave que tem me aberto os olhos e o coração e creio que pode ser útil para muitos também.Tenho pensado muito sobre as canções que entoamos nos nossos chamados “períodos de louvor”. Já há algum tempo tenho procurado fazer a “lista” com músicas que exaltem o Senhor, que falem mais sobre Ele do que sobre nós, sobre nossos dilemas, nossas necessidades. Nem mesmo tenho cantado sobre como preciso dEle. Tenho cantado sobre quem Ele é.Na verdade, esta experiência começou quando em um Domingo, me preparando para o culto, eu nem sabia como orar. Eu estava muito desgastada emocionalmente e parecia perdida dentro de mim mesma, sem saber como sair de um lugar de angústia em meu interior.Foi aí que creio, recebi uma direção do Espírito Santo. Senti que deveria cantar louvores ao Senhor, olhar para Ele, sem pensar mais em mim, em como eu estava, mas exaltá-Lo e engrandecê-Lo diante dos meus olhos. Fiz uma lista caprichada, com músicas de exaltação, declarando quem Deus é, proclamando o quanto é digno e que nós, Seu povo, O adoramos.Aquele culto foi marcado por tamanha glória do Senhor que dias depois pessoas ainda vinham falar comigo sobre como a presença de Deus encheu seus corações. Em uma das conversas, ouvi exatamente o que eu havia discernido que o culto foi diferente porque cantamos adoração, e não músicas mais voltadas para nós, seres humanos.Sei que há tempo para tudo! Há tempo de consolar o que sofre, levantar o abatido, com canções de fé que nos façam lembrar do amor e fidelidade de Deus. Ele sempre cumpre Suas promessas. Mas há um lugar mais alto para onde podemos subir, mesmo os mais desgastados e necessitados, quando escolhemos olhar para o Senhor e exaltá-Lo, mesmo em meio às nossas dificuldades.Felizes ou chorando, ao adorarmos a Deus somos transportados a outra dimensão e de repente nossas situações desaparecem diante de nossos olhos, pois vemos a grandeza do Senhor. Tudo parece se resolver dentro de nós, e por que não dizer que até mesmo recebemos vitórias, pois Deus batalha as nossas guerras?Adoração. Desde então tenho escolhido cantar sobre Ele, e para Ele, mais do que qualquer outra coisa. Pelo menos, esta tem sido a direção para onde o vento do Espírito está soprando, e eu vou me render a Ele. Tem sido escape, refúgio, fonte de alegria e força.Vamos adorar!"

Fonte: Blog da Ana